sexta-feira, 15 de maio de 2009

F*****´ POST

Hi there,

comentei no post anterior, então aprofundo nesse. Devo ter dito que entre o mundaréu de brasileiros aqui do AP, tem um equatoriano - mais um na minha vida.

Ele é engraçadissimo, além de ter algo em comum pelo fato de ser meu terceiro roommate equatoriano, ele morou na mesma homestay de Vancouver - com os Friesens. Aliás, desde lá por sinal, ele tem desenvolvido umas tendências meio trombadinhas, furtando itens de pequeno valor, e segundo ele porque ele "precisa" kakaka. A toalha de banho deles que o diga, as well o cobertor do Hostel.

Entretando, a faceta mais hilária dele são as chamadas frases de efeito utilizando o utilíssimo termo "fuckin´". Pra quem não se situou, é como nós falarmos "aquela porra do JEC", ou "porra da rua 7", e assim por diante. A coisa é tão séria, que a PQK já se flagrou dizendo isso na frente de um cliente no Waterpark; e eu, pra não ficar pra trás, que já tinha o "Fuckin´ Ridiculous" do John como importante ponto nas conversas com meus colegas de trabalho libaneses e tunisianos, agreguei isso ainda mais.

Então, saibam as 10 mais-mais do Javier, usando a palavrinha mágica:


“Our fuckin´ uniform…”
Essa é pra quando você vai trabalhar no Water Park do Mall, e te dão um conjunto de regata e shortinho.

“Fuckin´ Job!”

Xingando o seu emprego (sem esquecer de falar o “b” com som de “v”);

“Fuckin´ Petrolero!”
Relembrando o seu amigo saudita da EBC.

“Fuckin´ Hilda!”
Quando você está com raiva da sua coordenadora pedagógica da EBC, porque ela não manda estudantes pra rachar o aluguel conosco.

“That fuckin´ Hostel, Man!”
Quando você lembra da merda do Hostel que a Hilda manda os alunos da EBC que vem pra Edmonton.

“She´s fuckin´ hot, man!”
“Ela é uma gostosa, cara”

“I don´t know where your (fuckin) daddy is…”
A parte entre parênteses não foi pronunciada, mas é a forma correta de prestar um serviço que supere as expectativas de uma criança (menina!!!) que se perdeu do pai, ao inocentemente perguntar ao Javi “Where´s my dad?”

“She´s fuckin lost!”
Frase dita após o incidente, apesar de haver a mais comum variação: “Totally lost...”

“What a Fuckin´ situation!”
Essa é quando, na soma de muitas das acima, você percebe que tá sem grana, sem mulher, fudido, encrencado, ou simplesmente na m... mesmo.


See you soon

Um comentário:

aurelio disse...

Nobody f*cking comment, man!
:)